MELHOR IDADE NO CROSSFIT
Home Novidades MELHOR IDADE NO CROSSFIT

EXISTE IDADE CERTA PARA COMEÇAR A FAZER CROSSFIT?

 

 

No meio esportivo sempre foi discutida a questão da prática de determinados esportes por pessoas com mais de 40,50  anos, pois de acordo com alguns estudos a partir dessa idade o corpo passa por mudanças que podem comprometer o rendimento em qualquer esporte.

A tendencia é que quanto maior a idade, menos atividade física se pratique, correto?

Laila Benkrima, de 55 anos, não pensa assim. Ela fez seu primeiro pull-up com 53, e hoje ela tem um 200-lb. deadlift – 85 lb. mais pesado do que três anos atrás.

 

E Dion Walmsley certamente não acha que os atletas mais velhos precisam diminuir a velocidade. Walmsley conquistou o terceiro lugar no 2016 Reebok CrossFit Games na Divisão Masters 50-54. Quando ele começou a CrossFit há nove anos quando tinha 42, ele não tinha flexibilidade.

Ele não conseguia nem sequer agachar completamente, mas Walmsley é um atleta diferente hoje. Ele é mais forte, mais qualificado e ainda está melhorando com 51 anos.

De acordo com o coach Chuck Carswell, que ministra o CrossFit Specialty Course: Masters, existem  regularmente dois mitos: você não pode ganhar força após 40 e você deve evitar a intensidade após 40.

 

“Esses mitos estão sendo dissipados nos ginásios CrossFit todos os dias e pelos atletas nos Jogos CrossFit, esses rapazes estão reescrevendo o desempenho humano todos os dias”, explicou.

 

 

Matt Swift, o cérebro atrás do curso, elencou quatro variáveis que ​​são enfatizadas para os participantes do curso: Um é idade. Outro é a orientação competitiva, ou seja, se é um atleta de bem estar ou um competidor. Outra é o histórico de lesões e, em seguida, há o nível de aptidão da pessoa.

Você não pode simplesmente assumir o que um atleta de 50 anos precisa. Mas considerando as quatro principais variáveis, os formadores começarão a ver tendências que os ajudarão a treinar de forma mais eficaz. As variáveis ​​são um ótimo ponto de partida quando um treinador está determinando em como ajudar um atleta específico a se tornar mais apto.

 

 

“Nós passamos por diferentes cenários. Teremos um extremo do espectro – um atleta mais velho e descontaminado com limitações de mobilidade – e avaliaremos como cuidar dessa pessoa em um grupo, bem como considerações de programação para essa pessoa “, disse Swift. “Então, também vamos olhar, digamos, alguém com uma lesão, mas com uma orientação competitiva, e como adaptar a programação para eles”.

O conceito de “orçamento de repetição” também é importante ao lidar com clientes mais velhos, que se recuperam mais devagar e correm maior risco de lesões por uso excessivo.

“Precisamos gerenciar esse risco ao acompanhar quantas repetições estão fazendo e, em seguida, mantê-los em uma zona segura. Mas o outro lado também é verdade: não fazer o suficiente pode levar a que sejam descondicionados “, disse Swift.

É um equilíbrio delicado, e Swift disse que os treinadores devem sempre avaliar cada atleta em relação à idade, metas competitivas, história de lesão e nível de fitness.

“A programação precisa ser sensível sem ser limitativa”.

Em resumo podemos concluir que não existe uma idade limite para a prática de crossfit, mas é importante frisar que independente da faixa etária , todos devem receber um acompanhamento adequado. Não ache que por ser um mais experiente você não pode praticar algum esporte, nós do Box Crossfit 6450 estamos ansiosos em recebê-lo, faça uma aula experimental e veja como o crossfit pode te dar muito mais capacidade cardiorrespiratória, flexibilidade, potência, agilidade, equilíbrio e precisão.

 

(Fonte: journal.crossfit.com)

FREE PASS
VIVA A EXPERIÊNCIA MEGA GYM POR ATÉ 7 DIAS SEM CUSTO ALGUM